América CentralCubaFazer

Museu de Artes Decorativas

Post

Se você quiser ver como os cubanos realmente ricos viveram antes da Revolução, visite esta bela e antiga casa da Condessa de Revilla. Com a chegada de Fidel a Condessa, pertencente a uma das famílias mais abastadas de Cuba, fugiu para Europa e e deixou para traz sua casa montada

Ela escondeu parte de suas obras de arte e toda a prataria em buracos na parede e no sótão que só foram descobertos muito tempo depois na época da restauração da mansão.

Cada sala do museu é uma masterclass em decoração de interiores. Luxuosos móveis, esculturas e todos os tipos de peças que datam do século 16 são combinados com bom gosto e agrupados em diferentes salas dedicadas a estilos individuais. As salas Art Nouveau e Art Deco, por exemplo, incluem peças dos mais importantes fabricantes desses estilos, como Louis Confort Tiffany, Emile Gallé, René Lalique e Demetre Chiparus. A coleção é composta por mais de 33.000 peças, pelas marcas e fabricantes mais exclusivos do mundo, incluindo a francesa Sèvres, Paris, Chantilly, Limoges e Derby da Inglaterra, Chelsea, Wedgwood, Worcester e Staffordshire.

Esta casa, agora Museu, dá a dimensão de como se vivia em Havana nos anos 50. Realmente vale a visita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *